sexta-feira, 27 de maio de 2016

Quando a gente descobre algumas verdadesparece que todo o resto foi mentira

terça-feira, 24 de maio de 2016

Você fez o que estava ao seu alcance. Ligou, chorou, mandou msg, e-mail, se importou. Disse que parou e continuou. Você foi além. Era o seu amor e ainda sim não se importou. Não conseguiu enxergar o seu valor e que era você a única que o fazia único também. Que cuidava, abraçava, beijava e segurava-lhe a mão. Ele quis soltar sem se preocupar com a dor da solidão. Preferiu se refugiar em gente vazia, na vida de ilusão que outrora nem ele queria. Você tentou e se ele não enxergou, azar o dele. Talvez algum dia ele perceba o tempo que perdeu em não querer fazer vencer o amor.

segunda-feira, 23 de maio de 2016

Hoje me deu vontade de "sinalizar" de algum jeito o que eu sinto. Deu vontade de mandar uma mensagem com um "eu te amo" pra você não esquecer ou ligar só pra ouvir sua voz, mas aí eu lembro que você poderia fazer o mesmo e não fez.
Palavras iludem. Palavras não importam.
Se suas palavras contradizem suas ações, sinto lhe informar...eu não acredito em você. Dizer que ama é lindo, mas o amor não suporta teorias. Amor é provado com atos e atitudes. É estar ali quando o outro menos merecer. E saber que você é tão falho quanto quem está do seu lado. Aprender a se colocar no lugar do outro e não ser egoísta ao ponto de pensar só em si. Amor é parceria, é ceder quando menos se espera. Se você não sabe ser parceiro e não aceita ceder, sinto lhe informar,  você não sabe o que é o amor.

segunda-feira, 16 de maio de 2016

Nada paga a tranquilidade de uma consciência. Poder deitar a cabeça no travesseiro sabendo que nada te acusa. Quando você mente ou engana alguém, você só está mentindo e enganando a si próprio. E mentir pra si mesmo é sempre a pior mentira.  

sexta-feira, 13 de maio de 2016

Te Desejo

Te desejo uma noite de insônia cheia de lembranças minhas. Que minha mão, de repente, pareça deslizar no teu travesseiro e agarre teu cabelo, ao ponto que a minha falta seja sentida de um modo tão presente, que você se pergunte por que eu não estou ali.
Te desejo um dia repleto de detalhes de nós dois. Que a saudade não te mate, mas te torture lentamente com as cenas que poderiam ser tão nossas, mas agora pertencem à lembrança. O sorriso depois do beijo, o gesto provocante ao passar pelo outro, a voz que te chama de longe.
Te desejo uma estada completa de felicidade plenamente em metade. Que nos seus afazeres, diários ou extraordinários, você se sinta realizada, mas que se pegue ruminando a possibilidade de me ter ali também e imaginar como seria se estivéssemos juntos.
Te desejo um sentimento indefinível. Daqueles que se parece com fome, mas não se sacia. Se assemelha ao desejo, mas há mais que simples instiga. Que se associa à saudade, mas não é tão simples assim. Algo que só se sabe o que é quando se toca: falta ele aqui.
Ninguém deve se sentir triste por ter um bom coração. O amor não é um erro. Errado é enganar, mentir, trapacear, dar rasteira no sentimento alheio. Quem faz isso é que deve sentir vergonha. Não quem ama e acredita. Ninguém é bobo por se arriscar, bobo é quem passa a vida toda enganando os outros e achando que a vida não traz pra gente tudo aquilo que a gente planta. Ah, ela traz.

quarta-feira, 11 de maio de 2016

Não espere ela desistir para perceber que, no final, o babaca sofre.

Acredite: não é difícil ser um babaca. Eu escrevo por experiência própria. Escrevo pelos meus erros e por tudo o que já perdi. Ela era uma daquelas moças que você tanto escuta falar, mas raramente encontra. E eu? Um babaca. Eu queria ela ao meu lado, mas sem abandonar o estilo de vida de um solteiro. Os bares. As ausências. As noites. Mesmo assim, ela me amou. Admirou. Já enxergava em mim o homem que eu não sabia ser. E eu? Bem, eu continuava um babaca. Com o tempo (e o óbvio), ela se entristeceu. Murchou. Partiu. Ela com certeza sofreu, mas soube seguir em frente. E o babaca? Por incrível que pareça, ele até amadurece. Cresce. Cria laços. Mas sofre ao perceber o quanto foi tolo e tudo o que desperdiçou. Afinal, um amor assim é raridade. Então aos babacas, eu apenas peço: não espere ela desistir para perceber que, no final, o babaca sofre.

sábado, 7 de maio de 2016

Trocou sua certeza por qualquer talvez

Aquele "eu te amo" está aqui guardado, ficou entalado porque você não quer ouvir. A mulher da sua vida hoje não passa de uma louca, uma maluca que só te trouxe dor de cabeça e por isso você prefere se afastar. O seu medo te pega e te joga pra longe de mim.
 Esqueceu dos planos, sonhos e de todas as palavras e promessas que me fez. Das vezes que fizemos amor e de como eu fui sua. 
Esqueceu que sentimento não é algo descartável que você joga fora quando se torna algo pesado de carregar.
Soltou as mãos quando era pra segurar mais forte e continuar no caminho. Preferiu naufragar nosso barco a remar mesmo sem forças pra atracar em algum cais. Você procurou em todas o que só achou aqui e vou te deixar procurar de novo se necessário. Quem sabe assim você perceba que está perdendo a mulher errada. Pode procurar o meu cheiro, beijo e a minha risada. A química que só a gente tem. Nossas brincadeiras e nosso jeito único. E quando o seu coração gritar como o meu de saudade, quero ver se você consegue sufocar. Hoje eu não passo de um problema que você solucionou arrancando da sua vida. Um nada como você costumava dizer. Um peso que só te fez mal. 

sexta-feira, 6 de maio de 2016

Foi amor. Em tudo. Nas implicâncias, preocupações, por trás daquele cuidado, foi amor.
Nas brigas por ciúme. Não existe ciúme sem amor, então foi amor. E ele estava aqui e só você não viu. Preferiu olhar as coisas ruins. Deixou sobressair os erros, defeitos e aquela nuvem escura. Todos viram que foi amor. Menos você.