quinta-feira, 17 de maio de 2012

La vie devenue plus belle

Sabe , menino... Às vezes eu me pego pensando como seria isso tudo se fosse de outro jeito. Se aquele dia dezessete fosse mais um dia comum como tantos outros. Talvez agora , a vida tivesse menos cor.Penso naquela quinta-feira e o coração fica mais feliz e o sorriso fica largo. Uma carinha e poucas palavras. Nosso encontro. Seis meses e várias lembranças. Uma música , uma palavra , um gesto e me vem você. Uma data que por mais que eu tente deixar de lado , fingir que não é importante ,  martela na minha cabeça o lembrete de que é mais um mês...

"Existem mil mistérios que renovam os nossos planos
 de seguir acreditando nesse nosso amor..." (Só nós dois-Detonautas)




terça-feira, 15 de maio de 2012


"Gostaria de te desejar tantas coisas. Mas nada seria suficiente.
Então, desejo apenas que você tenha muitos desejos.
Desejos grandes.
E que eles possam te mover a cada minuto, ao rumo da sua felicidade!"



Carlos Drummond de Andrade

quinta-feira, 10 de maio de 2012


O que a memória ama, fica eterno.
Te amo com a memória, imperecível.
Adélia Prado

P.s: Vózinha , esse post é dedicado a você. Te amo , anjo !

segunda-feira, 7 de maio de 2012

Um domingo de Fevereiro.

Ainda lembro de tudo , até os mínimos detalhes.O dia mais esperado por nós dois. Eu , dando voltas pra achar a estação das barcas toda perdida e suas sms chegando a todo momento pra dizer que já estava me esperando. Ver você descendo as escadas naquele domingo de sol , dia perfeito como tudo o que fomos. Quando fecho os olhos , sinto aquele nervoso , as mãos suando e o coração querendo sair do peito de tanta felicidade.
Receber aquele selinho e ter a sua mão na minha e você do meu lado ali , naquele momento eu queria que o tempo parasse. Foi bem mais que planejei. A intimidade foi tanta que eu podia jurar que te conhecia há muito tempo , e talvez isso pudesse ser verdade , devo ter te visto em algum sonho meu. Aquele jeito só seu , de falar , de andar , sua pele tão branquinha e todo o carinho que me presenteou.
Finalmente recebi seu abraço tão prometido , nossas bocas por vezes se encontraram , olhos nos olhos e naquele momento não havia distância e nada que pudesse atrapalhar. Só existia você e eu. 
Nunca imaginei que de uma carinha pudesse surgir algo assim ...


"E hoje me acordei, lembrei daquilo tudo
Me deu uma saudade que nem é bom falar..." (Dengo seu-Armandinho)