segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

"Me mostra um caminho agora , um jeito de estar sem você..."

A estrada da vida nem sempre é cheia de alegrias , topamos muitas vezes com alguns obstáculos.
Esse post nunca estava nos meus planos , mas nem sempre as coisas saem do jeito que a gente quer.
Dia 31/12/2011 , esse dia ficou marcado na minha vida da maneira mais triste , enquanto muitos estavam festejando com seus familiares e amigos a chegada de um novo ano eu perdia a pessoa que tanto admirava. Minha vó. Dona Celi Félix Torres , a mulher mais guerreira da minha vida , um exemplo de força , garra , fé e perseverança.
De lá pra cá os dias têm sido de choro , saudade e boas lembranças. O sofrimento era grande e minha rainha descansou.

Em sua homenagem eu escrevo , mas também , é uma forma de aliviar o peito. Impossível escrever e pensar nela sem derramar uma lágrima. Há momentos em que a saudade me toma feito represa e não há nada que segure.
Você se foi, tudo ficou cinza e a cada lembrança o choro se faz presente.
Sua alegria contagiante, sua dedicação, sua comida tão gostosa, as brincadeiras, as reuniões na sua casa e o seu amor imenso para com
os seus. Esses são alguns dos motivos que me fazem sentir a sua falta. A sua força e perseverança foram exemplo. Você cumpriu sua missão aqui na terra de forma exemplar, foi guerreira, lutou em todos os momentos sem fraquejar. Parte de mim se foi naquele dia 31, eu sei que você estava sofrendo demais, mas, eu não queria perder você. Cada vez que eu te encontrava eu acreditava, tinha esperanças que tudo ficaria bem, pois você me dava forças, sempre tão otimista e tão forte apesar de tudo. Meu orgulho é você vó.
Obrigada por ser a minha vó , tenho certeza que você descansou e que o céu está em festa com a sua chegada. Meu anjo bom, eu NUNCA vou te esquecer, sei que daí de cima você me ilumina e me dá força pra prosseguir. TE AMO ETERNAMENTE e um dia a gente vai se reencontrar. Ai vó , que falta que você me faz! Não dá mais pra falar, "só enquanto eu respirar, eu vou lembrar de você".

LUTO