quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Retro 2011

Retrospectiva só serve para refletir e não cometer os mesmos erros do ano que se passou. O ano de 2011 foi um ano de altos e baixos, conheci pessoas novas , vivi momentos maravilhosos , chorei , sorri , acreditei e me iludi. Enfim, um ano normal.
Cada mês me trouxe uma coisa boa e uma coisa ruim, posso dizer que vivi intensamente tudo. Fiz amizades que quero levar pra vida toda, pessoas que eu admiro e que gosto de ter por perto, descobri que outros não mereciam ter a palavra amigo como definição. Muitas pessoas me decepcionaram , fui desapontada. Precisei de ajuda e recebi , pude ajudar também. Tive momentos de alegria e uns de profunda tristeza.
Aprendi muita coisa e ainda há muito que aprender, conheci lugares, provei novos sabores, arrisquei. Que venha 2012, eu tenho a certeza que será um ano muito abençoado, com realizações, novos sonhos, planos, pessoas especiais e tudo de melhor. Ahhh será o ano do meu time também hahaha.

Obrigada meu Deus por TUDO!
Obrigada a todos que fizeram parte desse ano de 2011 , não vou marcar ninguém , é muita gente. Desejo a todos um FELIZ ANO NOVO , muita luz , paz , saúde , vitórias , amor , respeito e UNIÃO!

Aos meus familiares: Amo vocês , nenhuma palavra seria capaz de expressar o tamanho desse amor , agradeço a Deus pela vida de cada um! 

Aos meus leitores: Obrigada pelo carinho!

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011


Não se concentre tanto nas minhas variações de humor, apenas insista em mim. Se eu calar, me encha de palavras, me faça querer dizer outra e outra vez sobre você, sobre nós, e todo esse amor. Se eu chorar, não me faça muitas perguntas, não precisa nem secar minhas lágrimas. Só me diz que você continuará comigo pra tudo, que tenho teu colo e teu carinho. E ainda que te doa me ver assim, me envolva nos teus braços e diga que eu posso chorar, mas que você não sairá dali enquanto eu não sorrir. Porque é isso que nos importa, não é? O sorriso um do outro. 

sábado, 3 de dezembro de 2011

"Quero topar com luz, desapego e paz."

Topei com luz e escuridão ao logo da minha caminhada. Muitos me deram as mãos e outros me viraram as costas, houve aprendizado, mas ensinei muito.
Percebi que é aos poucos que as coisas acontecem, não adianta toda uma ansiedade e não adianta querer apressar as coisas. Tudo chega no tempo certo.
Em momentos eu achei que não fosse suportar alguns golpes, vieram de lados que eu nunca iria imaginar. O bom é que hoje eu sei o que é ser forte! Não morri, mas o coração se decepcionou, ele é bobo e sempre encontra um jeito de se apaixonar novamente.
A vida é isso, constante aprendizado, viver tem que ser intenso. Correr perigo, se arriscar, amar, pular, gritar, chorar, sorrir, brincar e fazer o que tem que ser feito sem deixar nada pra amanhã. É isso que eu chamo de viver.


quinta-feira, 1 de dezembro de 2011