segunda-feira, 29 de maio de 2017

Morre que passa

Tava usando esse tempo afastada do blog para refletir sobre algumas coisas e cheguei a uma conclusão maneira sobre algumas coisas. As pessoas sempre vão te criticar e não importa o que você faça, se é uma boa pessoa ou o contrário. Não tem nada a ver. Acho que o ser humano já nasceu programado pra 2 coisas nessa vida: reclamar e criticar. Não tem a ver com a posição que você ocupa, suas roupas, religião ou com quem você se envolve. Sempre vão te criticar, eu disse SEMPRE(assim mesmo com bastante enfase) Quer ver isso mudar? morra. Ué? preciso morrer pra deixar de ser criticado por algo? SIM. Já viu algum morto não valer nada? eu confesso que não. Óbvio que existem as exceções. Quando você morre, as pessoas lembram as coisas boas que você fazia, suas qualidades. "AH, MAS ELE ERA TÃO BOM!" "ELE ERA GENTE BOA, FOI CEDO!" o ser humano precisa ser estudado. Pq as pessoas esperam perder pra dar valor? Tão mais lindo valorizar a pessoa ali em vida. Fazer aquilo que você nunca fez por ela, um agrado ou simplesmente chegar e falar: "Você é importante na minha vida" "Eu te amo!" 
Isso é simples e lindo. Então não espera morrer pra mandar flores e falar que ele(a) era bom, faça isso hoje. Dá tempo.  

sexta-feira, 3 de março de 2017

Pobres Animais

E todo carnaval tem seu fim. Pra uns na quarta de cinzas, enquanto outros esticam até a próxima segunda. Isso não tem muito a ver com o que eu quero falar, mas tem uma ligação. Que o mundo está cruel, isso tá bem visível. Que as pessoas estão sem amor no coração, isso está bem claro e na cara de quem quiser enxergar. Só que eu ainda não entendo(deveria) é como uma pessoa pode ser capaz de maltratar um ser que é só amor, alguém que não te pede nada em troca, só amor. Acompanhei alguns vídeos de abandono de animais, odeio ver esse tipo de coisa pq não aguento. Nada justifica maus tratos. O animal não é um brinquedo que você brinca, enjoa e joga de lado, é uma vida que depende de você.
Conheci o neném(eu só o chamava assim) e apaixonei, aquela carinha de triste e ao mesmo tempo de levado me conquistou. Estava bem na cara que alguém o abandonou e talvez até bateu no animal. Isso quebra meu coração. Só que de verdade eu nunca esperava que ele me faria sua vitima 😐
Eu não o culpo, as vezes penso que ele pode ter sofrido nas mãos de pessoas e aí achou que eu seria mais uma. Não tive raiva e ainda penso em onde ele pode estar agora, queria que ele achasse um lar e muito amor. Meus machucados vão cicatrizar e ele? Será que vai ter uma vida digna? Se eu pudesse, montaria um abrigo para esses animais. Com certeza eu teria um lugar cheio deles, pra recuperar cada um, enquanto isso eu só posso sonhar com o dia em que animais parem de ser torturados nas mãos dos humanos.

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Delírios Insanos

Você é o motivo do meu sorriso sem explicação, aquele que vem só de pensar nisso que a gente vive. É toda loucura depositada na minha mente. É um caso raro do acaso. Nada existe em você que eu não goste demais. Sua pele, seu cheiro e seu sabor. Meu desejo é desejar você cada dia mais. É entrar nesse nosso mundo e tirar isso só da imaginação. Tirar a sua roupa e fazer o que eu quiser. Deitar no seu peito e saber que ali eu sou sua. Beijar cada centímetro do seu corpo e descer até o alvo, te fazer estremecer, suar e reclamar que quer mais. Tocar uma, duas, três ou quantas você quiser e poder te olhar pra ter o prazer de te ver gozar e saber que eu sou a razão dos seus gemidos e da sua perna trêmula.

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Vem 2017

A gente costuma fazer um balanço do ano que está indo embora, na intenção de consertar as coisas para o próximo ano. A gente revisa os erros e acertos e anseia em mais acertar que errar. 2016 foi um ano trágico. Marcado por inúmeras perdas, mas também trouxe muita coisa boa. Foi um ano de aprendizado. A gente aprende que ninguém vai fazer o que você faria e com isso passamos a nos poupar.
Algumas pessoas não são como você espera e aquilo não é culpa dela, a culpa é sua por esperar demais, por encher o outro de expectativas que são suas. O ano que se acaba trouxe certa maturidade pra pensar mais antes de sair fazendo qualquer coisa. Tá, talvez a gente não deva pensar tanto assim, mas convenhamos que é necessário. Se colocar no lugar do outro é uma virtude. Agradecer por estar vivo mesmo que a sua vida ainda não seja aquilo que você sonhou. Viver cada dia como último e exaltar as coisas mais lindas, sua família e seu amor. São algumas coisas que fazem sua estadia aqui valer a pena.
Agradecer ao invés de reclamar(nem sempre é tão fácil assim) e fazer disso um mantra para atrair só coisas boas. 2016 foi composto por música, não dizem que quem canta seus males espanta? então. Estive espantando-os. Pedir um ano novo melhor, também pode ser que funcione. Opa! Só vai funcionar se você fizer por merecer. Aprendi isso também. A gente reclama muito, mas as vezes não percebe que nossos resultados são pela nossa plantação lá atrás. Não adianta, a lei do retorno é implacável. Pode acreditar. Plante o bem e ele retorna pra você.
Impossível terminar esse texto sem citar o moreno. Coisa maaaar linda de 2016. Suspiro toda vez que ouço o seu nome. Ah moreno!!!!!!!!!!!!

sábado, 15 de outubro de 2016

Tati citou...

Ele não ligava, nem mandava mensagem durante semanas. Mas tinha uma mania sacana de aparecer quando ele já tava quase desaparecendo da minha cabeça. Era carência, tava na cara – e faltava vergonha na minha, porque eu sempre acabava cedendo. Não me dava valor e ainda ficava indignada por ele não dar também. Eu aceitava ser a última opção e ainda tinha a cara de pau de espernear e choramingar por ai usando a maldita frasezinha clichê de que nenhum homem presta. Claro que ele não ia prestar, pra que prestar com alguém que transpirava falta de amor próprio? Ninguém ama quem não se ama, ninguém respeita quem não se respeita – doloroso, mas verdadeiro. E quando você não tá na onda de ser amada, ta tranquilo - um supre a carência com o outro e fim de papo. Mas eu tava afim de sentimento, tava super na onda de mãozinha dada e ligação de madrugada só pra ouvir um ”tava pensando em você”. E claro que ele não ligava, a gente quase sempre só pensa antes de dormir em quem causa aquele nervosinho de incerteza dentro do nosso peito – e eu tava sempre ali, um poço de certezas, não tinha porque ele pensar. Muito menos ligar. E foi ai que eu mudei. Parei de aceitar o último pedaço do bolo, se o primeiro pedaço não fosse pra mim, eu simplesmente ia embora da festa – não me servia mais. E olha só que mágico, ele nunca me chamou pra tantas festas e nunca vi alguém me oferecer tantos pedaços de bolo – a mágica só não foi tão boa porque eu simplesmente não queria mais. Não queria mais mágica, não queria mais bolo, não queria mais ele. Quando a gente passa a se valorizar a gente consegue enxergar nitidamente quanto os outros valem – e ele valia tão pouco, desencantei. Peguei meu coração e coloquei ele lá no topo de uma arvorezinha danada de alta, e vou te falar, nunca vi tanta gente disposta a escalar – homem adora um desafio. Pois bem, que vença o melhor!

Nada que tu traga vai me apetecer.

A vida é realmente surpreendente, as vezes a gente é tão bom com os outros que esquecemos da gente. De ser bom primeiramente com a gente. Isso não é egoísmo, julgaria de amor próprio. A gente faz pra agradar o outro, quer ser melhor pro outro, pois isso o fará feliz e a gente? Acabamos no último lugar das prioridades. Um erro.
Durante muito tempo fui boa e pensei nos outros. Me coloquei no lixo. Virei a pior mulher, a mais feia, burra, a que pegava as migalhas que caiam da mesa. Me dei migalhas. Até que parei e pensei: opa! Calma, não sou isso e nunca fui. E foi assim que o muito se tornou pouco e já dizia Maria Rita "pouco eu não quero mais!" Tenho muitos defeitos, não sou perfeita, assim como a maioria das pessoas. Não saí perdendo e as vezes a gente acha que sim, que perdemos o bilhete premiado. Na verdade o bilhete não valia nada. Cansei de me culpar por erros que não são meus. Cada um tem o livre arbítrio, ou seja, pode escolher a vontade, só depois existe as consequências e acontece que muita gente não se prepara pra isso. Então, resolvi ser melhor por mim e pra mim. Fiz as minhas escolhas e escolhi me amar e se isso for egoísmo, que assim seja. Cansei de ser a boazinha, a coitadinha e tirei os "inha" de uma vez por todas da minha vida.    

sexta-feira, 14 de outubro de 2016

"As mulheres que mais irão marcar a sua vida são as CHATAS. Também chamadas de loucas, ciumentas, bipolares, confusas, esquisitas. As chatas te ligam de madrugada cobrando algo que você fez na semana passada, elas brigam contigo, olham feio para a mulherada que ta em volta de você, as chatas fazem cara feia, batem o pé, fazem bico, batem boca contigo sem pensar nas consequências e principalmente são ciumentas. Mas vou te perguntar uma coisa: quem não gosta de se sentir desejado?! Uma mulher que não te procura ou não está nem aí para você ou tem medo de te perder e prefere fingir que não viu ou ouviu nada não tem identidade! As chatas podem incomodar, mas estão ali, do seu lado em qualquer situação, não ligam para sua conta bancária ou quantos carros tem na garagem, elas te cercam tanto que não deixam que nada de ruim se aproxime de você.. Elas podem ter seus defeitos mas fazem de tudo para serem perfeitas, não pedem desculpas e são marrentas, porém se trata-las bem são as pessoas mais doces que irá conhecer… Então valorize aquela mulher que bate o pé, xinga, teima, porque essa mulher sim está dando valor para o que você é!"