quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

Beatriz, Bia, Minha bicha, safada

Ela sabe de tudo. Caso por caso. Do B, G, O, M, P entre outros.
Sabe ler a minha mente, explicar o que eu sinto ou não. Tem o dom de me fazer ser a pessoa mais confiante do mundo quando tudo parece desabar. Chegou no inicio do ano e me conquistou rapidinho. Não vejo a minha vida longe dela, pois é ela que me escuta quando eu quero morrer de tristeza ou raiva, é com ela que eu divido meus melhores momentos. Sim, ela fez o que conhecidos de uma vida não fizeram, me acolheu como uma boa amiga e deixa de lado todos os seus problemas pra resolver os meus.
Ela sabe de tudo, mas o que ela mais sabe é ser AMIGA. Beatriz é uma espécie de Guru, dá os melhores conselhos embora não os use. Um ano e já passamos por tanta coisa, a gente compartilha mesmo e ainda curte basicamente as mesmas coisas. Menos nossos boys. Somos loucas. De lua. Escorpianas. Costumo dizer que somos gêmeas, a gente se entende no olhar. Agradeço a Deus por esse um ano de amizade, alegria, objetivos em comum, força, safadeza e principalmente de cumplicidade. E que venham muitos mais. Te amo, minha bichinha!

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Sobre o que tiver que ser

Chegou aqui no final de junho começo de julho. Ela estava em stand-by e eu sem expectativas. Me surpreendeu tanto que eu só desejava que ela permanecesse em off pra sempre, confesso. Você sabe. Não era na maldade, era a vontade de ter você pra mim.
Quando olhei, achei que nada ali se encaixava. Gostos diferentes e de repente era tudo igual. Até o time. Desculpa o trocadilho, mas a torcida foi maior ainda.
Seus olhos, cabelo, corpo, barba, ah a barba! Quero tudo. Quero mais. Te quero!
Te quero sem hora marcada. Junto. Colado. Abraçado. Com gosto de Trident. 
Na chuva. No Sol. Sua barba roçando na minha boca. Pele. Desejo. 
A gente se perde, se procura e se acha. E volta. Volta melhor e mais bonito. Alguns sinais nos perseguem e aí parece que é tudo obra do destino. Ele tratando de colocar a gente sempre no mesmo lugar.